Famosos

Jó Silva: Talento, corpo e alma; dão o tom em uma mega live mostrando o que é o forró

Um dos maiores talentos do forró genuíno e herdeiro dos grandes mestres da sanfona, o pernambucano Jó Silva superou as expectativas em uma apresentação do estilo live, em uma daquelas versões que podemos chamar de Mega, com “M” maíusculo.

Ocorrida no último dia 15/11, Jó Silva apresentou um trabalho voltado para o autoral, mostrando que é possível juntar o forró de raiz, ou, se você preferir, o velho e gostoso, forró pé de serra, ao que, hoje, mesmo o mais leigo dos amantes de nossa música, exige para os seus olhos, no que se refere à plástica dos grandes shows com o advento da Internet.

Tive a oportunidade na semana que passou de registrar dois desses momentos que enchem-nos os olhos e o coração, ao exibir no meu programa de rádio e TV (Bom Dia Guará), Rádio e TV Guará/Rede Cultura – Canal 23.1 – São Luís/MA.

Me refiro à “Majestade do Baião“, música em homenagem ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga. Uma das vencedoras do Fest Forró Real 2018 realizado no CTN – Centro de Tradições Nordestinas, São Paulo/SP, e o “Tema de Abertura” dos shows, homenagem ao Cangaceiro Lampião, onde Jó Silva bota energia e beleza no palco, logo no início de suas apresentações.

Tudo isso também alavancado pela assinatura de um dos maiores músicos, produtores e arranjadores, dono de uma bagagem e de uma marca que está no mercado artístico/musical brasileiro há mais de 40 anos.

Falo de Ricardo Feghali, do Grupo Roupa Nova, incontestável na, como eu disse, assinatura de grandes produções, e ainda do baterista Thiago Feghali, seu filho, outro grande talento da música nacional.

Jó Silva e Ricardo Feghalli (Grupo Roupa Nova)

Jó Silva mostrou-se um exímio instrumentista, e quem o conhece, sabe do que estou falando, porém, toda a versatilidade desse maestro ficou patenteada na produção musical, com certeza, uma referência não só no gênero que ele representa, mas, também, para todos os segmentos da música.

Jó Silva e seu staff também foram muito felizes na escolha do estúdio para a realização do projeto, valorizado ainda pela direção de áudio e vídeo, com todo o trabalho feito no OASIS MUSIC E VÍDEO de propriedade dos Feghali, e com assessoria geral de Maria José Araújo.

Quem é Jó Silva

Cantor, compositor, produtor musical, sanfoneiro clássico e ator.

Natural de Recife/PE, nascido no dia 09 de Agosto de 1966.

Com 6 anos de idade foi para a cidade de Pesqueira/PE e aos 9 anos começou a praticar sanfona, onde tocou em clubes e auditórios locais.

Em 1986, aprendeu a tocar teclado e com este aprendizado surgiu a oportunidade de tocar em várias bandas de Baile, Orquestras e Trios Elétricos.

Integrou a Banda Fly Som de Alagoinha/PE, Impulso Musical da cidade de Garanhuns/PE, Orquestra Trovadores da cidade de Venturosa/PE e o Trio Asas da América. Foi sanfoneiro da Banda Cacau Com Leite na cidade de Itabuna/BA, produtor musical e tecladista na Banda Virou Mania no Rio de Janeiro. Trabalhou na Orquestra Oliveira na cidade de Salvador/BA.

Em 1996, retornou ao Estado de Pernambuco e foi produtor e tecladista na Banda Indomáveis. Foi sanfoneiro na Banda Fogo de Palha na cidade de Arcoverde/PE.

Na sequência, acompanhou artistas de nome nacional como Genival Lacerda, Jorge de Altinho, Paulinho Leite e vários outros.

Vale a pena ir ao YouTube e conferir essa mega live, com grande parte do trabalho autoral, contendo além da clássica música de abertura; Jabaquara, outro lançamento, mistura de xaxado com afoxé, mais um grande momento do pernambucano.

A música fala do antigo Distrito na Zona Sul paulista, local onde, em outros tempos, como diz a música, “existia patrão, mas, não o salário”.

Você também pode gostar...

1 comentário

  1. Maria José Araújo diz:

    Parabéns Sólon Vieira pela matéria maravilhosa que fez sobre a carreira e a MEGA LIVE JÓ SILVA!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *