28/11/2021

Aglomeração: Polícia deve indiciar envolvidos em festa em Juazeiro, ontem

Uma festa de aniversário com registro de aglomerações tomou conta da internet desde as primeiras horas desse sábado (22), no Cariri. De acordo com o Portal Badalo, informações dão conta que o evento contou com a participação de mais de 50 pessoas, todas sem uso de máscaras e descumprindo as medidas de isolamento social, ocorreu em uma chácara no bairro Aeroporto, em Juazeiro do Norte.

Em nota, a Polícia Civil do Ceará (PCCE), informou que já identificou o dono da festa e alguns dos convidados, que serão todos indiciados nesta semana, assinando Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por descumprindo ao decreto que estabelece as medidas sanitárias de distanciamento para prevenção do novo coronavírus, do município e do Estado.

Repercussão

Nas redes sociais, diversos vídeos foram expostos de algumas das pessoas que estavam no evento, comprovando que todos estavam sem uso de máscaras, descumprindo os decretos e não mantendo distanciamento nem limite no número de pessoas no ambiente.

Uma das internautas que teve os vídeos divulgados, inclusive, postou esta tarde em suas redes sociais, em vídeos privados para pessoas próximas, que estava “tudo certo” e que não correria risco dela ser identificada ou indiciada, devido ter uma parente como juíza.

“Aos meus meus amigos que estão preocupados comigo, está tudo certo viu minha gente. To aqui tomando cerveja. Se der ‘merda’, deu, e se não der nós ‘tamo’ aqui, não tem o que fazer mais. Vó é juíza, ela resolve meus problemas”, disse a internauta em seu perfil no Instagram.

Outros vídeos divulgados na imprensa local também identificaram outras pessoas que tiveram vídeos divulgados, onde aparecem beijando diversos outros integrantes da aglomeração e totalmente despreocupados em relação a possibilidade de contaminação para a Covid-19.

Orós

Outro registro de aglomerações foi identificado pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), que encerrou o funcionamento de um bar que operava a portas fechadas com cerca de 16 pessoas em seu interior, na noite desta sexta-feira (21), no distrito de Palestina, em Orós. Tanto o proprietário quando os clientes foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Iguatu.

A ação foi realizada em conjunto com o Departamento Municipal de Trânsito e Vigilância Sanitária. A ocorrência foi registrada após uma denúncia que indicava o descumprimento das normas sanitárias no estabelecimento situado na rua Manfredo Ferreira Lima.

O responsável pelo local e os frequentadores foram conduzidos à delegacia, onde foi registrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). O atual decreto estadual define que bares, restaurantes e barracas de praia podem funcionar das 10h às 21 horas, com 50% da capacidade de lotação. Festas de qualquer natureza estão proibidas em ambientes fechados e abertos. Músicas ambiente estão permitidas, com limitação de seis pessoas por mesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desculpe, mas você não pode copiar o conteúdo desta página.