01/12/2021

Copa América: com time alternativo, Brasil empata com Equador

A Seleção Brasileira perdeu seu 100% de aproveitamento na Copa América neste domingo. No Estádio Olímpico, em Goiânia, a equipe chegou a abrir o placar contra o Equador, mas levou o empate e a partida ficou no 1 a 1, pela quinta rodada da fase de grupos da competição.

Nossas Rádios

Apesar da igualdade, o Brasil avança para as quartas de final na liderança do Grupo B, com 10 pontos. Já os equatorianos seguem na quarta colocação, com três pontos, e também se classificam para a próxima fase.

(Foto: Nelson Almeida / AFP)

O jogo

Mesmo com Neymar no banco, o Brasil foi dominante na primeira etapa do duelo. A equipe ficou com o controle da posse e estudou o adversário nos instantes iniciais, enquanto o Equador buscou chegar ao ataque quando tinha a bola nos pés. Em um desses momentos, Valencia avançou pela direita, viu Alisson adiantado e finalizou por cobertura, mas acabou mandando para fora.

Aos poucos, os brasileiros foram se soltando e começaram a criar oportunidades para marcar. A primeira saiu aos 19 minutos, quando Lucas Paquetá deu belo passe para Gabigol ficar de frente para o gol, porém Galíndez saiu travando com o atacante e fez a defesa. Depois, aos 26, Paquetá recebeu na entrada da área e bateu com perigo para o goleiro equatoriano.

Os comandados de Tite seguiram no ataque até que conseguiram furar a meta rival aos 36. Em cobrança de falta pelo lado direito, Cebolinha cruzou na área para Militão ganhar da marcação e cabecear no contrapé de Galíndez, inaugurando os marcadores do Estádio Olímpico e garantindo a vantagem brasileira na etapa inicial.

(Foto: Douglas Magno / AFP)

O Equador voltou mais ligado para o segundo tempo e chegou ao empate logo no começo. Aos sete minutos, Valencia aproveitou uma sobra de bola na entrada da área e desviou de cabeça para Mena, que apareceu nas costas da defesa do Brasil e chutou forte para mandar para as redes e deixar tudo igual.

Os equatorianos ganharam confiança com o empate e tentaram pressionar os brasileiros para virar a partida, mas o técnico Tite fez mudanças que melhoraram a seleção canarinho e o confronto ficou mais equilibrado, porém sem muitas chances claras por parte dos dois lados.

(Foto: Douglas Magno / AFP)

Nos minutos finais, o Equador voltou a atacar e chegou a ameaçar aos 34, com uma cobrança de falta na área que exigiu defesa de Alisson. O time ainda tentou anotar o segundo com uma cabeçada de Campana aos 42, mas o jogador mandou para fora. Já nos acréscimos, o Brasil cresceu e passou a ficar mais no campo ofensivo, só que não conseguiu levar muito perigo a Galíndez e o empate no placar se manteve até o apito final.

FICHA TÉCNICA:
BRASIL 1 X 1 EQUADOR

Local: Estádio Olímpico, em Goiânia (GO)
Data: 27 de junho de 2021, domingo
Hora: 18h (de Brasília)
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Auxiliares: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI)
VAR: Julio Bascuñan (CHI)
Cartões amarelos: Estupiñán (Equador)

GOLS: Éder Militão, aos 36 minutos do 1ºT (Brasil); Mena, aos sete minutos do 2ºT (Equador)

BRASIL: Alisson, Emerson, Marquinhos, Éder Militão e Renan Lodi (Danilo); Fabinho, Douglas Luiz (Casemiro) e Lucas Paquetá (Everton Ribeiro); Éverton Cebolinha (Richarlison), Roberto Firmino (Vinícius Júnior) e Gabigol
Técnico: Tite

EQUADOR: Galindez, Ángel Preciado, Arboleda, Hincapié e Palacios (Plata); Jhegson Méndez, Moisés Caicedo (Mena), Allan Franco e Estupiñán; Ayrton Preciado (Pineida) e Valencia (Campana)
Técnico: Gustavo Alfaro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desculpe, mas você não pode copiar o conteúdo desta página.