28/11/2021

Copa América: Lewandowski, Cármen e Marco Aurélio rejeitam pedidos contra a competição no Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar na madrugada desta quinta-feira (10) os três pedidos de suspensão da Copa América no Brasil por causa da pandemia. O julgamento ocorre no plenário virtual. Os ministros têm até as 23h59 desta quinta-feira para depositar seus votos. Até o momento, votaram pela rejeição das três ações os ministros Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Mello e Cármen Lúcia.

Nossas Rádios

Relator da ação do PT, Lewandowski determina em seu voto que o governo apresente no prazo de 24 horas um plano “compreensivo e circunstanciado” com estratégias e ações para a “realização segura” do evento. Ele também cobra o mesmo procedimento dos estados e cidades que sediarão os jogos: Goiânia (GO), Brasília (DF), Cuiabá (MT) e Rio de Janeiro (RJ).

Cármen Lúcia, que relata duas ações – uma do PSB e outra da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos -, rejeitou os pedidos sob o argumento de que não cabe ao STF decidir sobre o assunto, pois a realização do torneio não é de competência do presidente da República. Marco Aurélio acompanhou a ministra. Ele ainda não votou na ação relatada por Lewandowski.

Os jogos começam no próximo domingo (13), com o confronto entre Brasil e Venezuela, em Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desculpe, mas você não pode copiar o conteúdo desta página.