23/10/2021

Estudo vai recrutar voluntários para testar medicamento para covid-19

Um estudo internacional vai recrutar 20 voluntários no Brasil para testar um medicamento para a covid-19. Eles vão receber uma dose de anticorpos monoclonais, os MABs, que são produzidos em laboratório, a partir de anticorpos naturais, de pessoas que tiveram a infecção pelo coronavírus há menos de dez dias, mas não foram hospitalizadas.

O estudo é coordenado pela National Institutes of Health, com a participação de vários países, como Argentina, Peru e África do Sul, e um total de 700 voluntários. No Brasil, a pesquisa é coordenada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Os anticorpos serão aplicados em dose única, por uma injeção na veia, no laboratório do Hospital das Clínicas da universidade. A coordenadora do estudo, a infectologista Flávia Ribeiro, explica como os monoclonais são funcionam.

O objetivo desse estudo com anticorpos monoclonais para a covid é desenvolver um medicamento eficaz para tratar pessoas que contraírem a infecção. Esse tipo de droga já tem aprovação por agências regulatórias internacionais, como a americana FDA.

O primeiro MAB foi o Pali-vizu-mabe, criado em 1998. Outros remédios à base de anticorpos monoclonais foram desenvolvidos para combater infecções emergentes, como o ebola.

A infectologista Flávia Ribeiro chama a atenção para a importância de participação da sociedade.

Os interessados em participar podem contatar a equipe do estudo por meio do e-mail: cov3001.ufmg@gmail.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desculpe, mas você não pode copiar o conteúdo desta página.