27/11/2021

“Miguelagem?”- Reverendo que negociou vacina pelo governo diz que não poderá ir à CPI

O reverendo Amilton de Paula notificou, nesta segunda-feira (12/7), a CPI da Covid, dizendo que não poderá comparecer à sessão marcada para ouvi-lo na quarta-feira. Amilton recebeu permissão do Ministério da Saúde para negociar a compra de 400 milhões de doses da AstraZeneca em nome do governo.

De acordo com integrantes da CPI, o reverendo apresentou atestado médico de 15 dias, a contar de 9 de julho. O motivo é uma crise renal.

Apesar da justificativa citada formalmente, membros do colegiado lembram que, quando ligaram para convocá-lo, o reverendo deu outra explicação para a ausência. Na ocasião, ele afirmou que não poderia comparecer porque seu advogado estaria viajando na data.

Omar Aziz disse à coluna que ainda não sabe se a comissão selecionará outro nome para depor no lugar de Amilton.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desculpe, mas você não pode copiar o conteúdo desta página.