24/10/2021

No interior; Médico, enfermeiras e outras 14 pessoas podem ser indiciadas por festa com aglomeração em Orós

Um médico, duas enfermeiras e outras 14 pessoas foram conduzidas a delegacia após uma ação conjunta da Polícia Militar, Guarda Municipal e do Departamento Municipal de Trânsito e de Transportes (Demutran) encerrar uma festa de aniversário com aglomeração na cidade de Orós, na noite do último sábado (5).

Nossas Rádios

Os participantes da festa foram conduzidos para a Delegacia Regional de Icó, plantonista da região, onde foram registrados Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) por descumprimento as medidas dos decretos estadual e municipal para barrar a propagação da Covid-19. Além disso, o grupo também vai responder por atentado contra a saúde pública.

Conforme o diretor do Demutran de Orós, Negreiros Neto, os agentes receberam uma denúncia anônima sobre a realização de uma festa em uma residência na localidade de Palestina.

“Ao chegarmos ao endereço constatamos a veracidade do fato e percebemos que algumas pessoas estavam deixando o local pulando o muro. Chamamos o proprietário da casa, que é um funcionário público, ele autorizou a nossa entrada e localizamos o grupo que ainda estava no local”, relata.

Negreiros Neto afirma que o grupo ingeria bebidas alcoólicas, havia som alto e karaokê para comemorar o aniversário de um jovem de 19 anos, que está entre os detidos.

Os agentes da Polícia Militar usaram um micro-ônibus para conduzir o grupo, que foi liberado após os procedimentos policiais.

*Com informações do G1/CE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desculpe, mas você não pode copiar o conteúdo desta página.