23/10/2021

Pazuelo na CPI: Em 2015, Onyx disse que quem fica em silêncio é ‘só bandido’

As redes sociais, implacáveis, ressuscitaram nessa quinta-feira (13) um post de Onyx Lorenzoni publicado em 11 de maio de 2015, na época da CPI da Petrobras.

O então deputado do DEM, hoje ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência de Jair Bolsonaro, escreveu o seguinte sobre o depoimento do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró à CPI na Justiça Federal do Paraná:

“Cerveró ouviu de mim que em CPI quem se vale do direito [a] ‘ficar calado’ tem coisa a esconder, só bandido usa disso.”

Ontem, a Advocacia-Geral da União entrou com pedido no STF para que Eduardo Pazuello, ex-colega de ministério de Onyx, se valha do direito de ficar calado na CPI da Covid.

Onyx Lorenzoni nas redes sociais em 2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desculpe, mas você não pode copiar o conteúdo desta página.