23/10/2021

PGR desarquiva apuração contra Bolsonaro por divulgação da cloroquina

A Procuradoria-Geral da República (PGR) decidiu desarquivar uma apuração sobre a divulgação da cloroquina como tratamento precoce contra a Covid-19 feita pelo presidente Jair Bolsonaro. A informação está em uma manifestação feita pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, à ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber.

Nossas Rádios

No documento, Aras pede arquivamento de uma ação similar apresentada pelo PDT, onde são apresentados argumentos que ligam o presidente a um provável gasto de dinheiro público ao fazer propaganda de um medicamento sem eficácia contra a Covid-19.

A ação do partido também responsabiliza Bolsonaro pela prescrição do chamado tratamento precoce durante a crise de oxigênio de Manaus, e afirma que a Secom do governo fez campanha de divulgação sobre os remédios junto a influenciadores digitais

No documento da PGR ao STF, o procurador determina o desarquivamento “para apuração preliminar” da notícia de fato instaurada contra o presidente “em razão das condutas ora noticiadas, sem prejuízo do andamento de outros procedimentos instaurados em desfavor de Ministros de Estado em tese envolvidos nos fatos”.

Ainda segundo o ofício, caso surjam indícios da “prática de ilícitos”, serão adotadas as medidas cabíveis. A ministra Rosa Weber é a responsável por decidir se arquiva ou não a ação do PDT.

*Com informações de O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desculpe, mas você não pode copiar o conteúdo desta página.