27/11/2021

Rejeitado por 61%, Bolsonaro perde potencial de voto pelo 2º mês seguido

Pesquisa PoderData, do site Poder 360, realizada nesta semana (2-4.ago.2021) mostra que o presidente Jair Bolsonaro registrou queda em seu potencial de voto pelo 2º mês seguido e hoje é o candidato mais rejeitado dentre os principais nomes cogitados para a eleição presidencial de 2022.

Hoje, 61% dos brasileiros dizem que não votariam pela reeleição de Bolsonaro de jeito nenhum. No início de julho eram 56%; em junho, eram 50%. O presidente também registrou queda no número de eleitores mais convictos, que declaram ter certeza que votariam nele: de 32% em julho, caíram para 25%.

O presidente tem um potencial de voto de 36%, considerando-se também os que consideram votar nele, mas não têm certeza (11%). O ex-presidente Lula lidera nesse quesito, com 61%. Bolsonaro também fica atrás de João Doria (45%), Ciro Gomes (43%) e Datena (41%) no potencial de voto.

Esta pesquisa foi realizada no período de 2 a 4 de agosto de 2021 pelo PoderData, a divisão de estudos estatísticos do Poder360. Foram 2.500 entrevistas em 491 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

Para chegar a 2.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população.

EVOLUÇÃO MÊS A MÊS
A taxa de eleitores fiéis ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva manteve-se estável em comparação ao último levantamento. Em julho, Lula tinha um total de 35% de eleitores convictos. Desta vez, o percentual ficou em 36%. A variação de 1 ponto percentual está dentro da margem de erro. Bolsonaro, em contrapartida, apresentou queda de 7 pontos.

Bolsonaro é o candidato que acumula maior rejeição. Logo atrás do atual presidente da República estão Ciro e Datena,
empatados com 51%.

João Doria apresentou queda de 4 p.p. na rejeição, de 52% para 48%. A rejeição de Lula variou dentro da margem de erro e fechou a pesquisa em 34%, bem abaixo dos oponentes.

O PoderData também considera os eleitores que “talvez” votariam em algum dos candidatos (independentemente da escolha que já possa ter feito). Nas respostas, a pesquisa descobre que os nomes da 3ª via têm, cada 1, uma margem de um terço do eleitorado para avançar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desculpe, mas você não pode copiar o conteúdo desta página.