28/11/2021

Sob pressão, Parque dos Lençóis Maranhenses tem troca de chefia

O policial militar José Ribamar Vieira Rodrigues acabou exonerado do cargo de chefe do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, um dos principais destinos turísticos do país. Em seu lugar, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) colocou outro policial, o coronel reformado Flávio Antônio da Silva de Jesus, segundo informações no Painel da Folha de S. Paulo publicadas na última sexta-feira (6/8).

A demissão de Rodrigues ocorre pouco tempo depois de uma tentativa de endurecimento na fiscalização do tráfego de quadriciclos, veículos do tipo UTV (que é uma espécie de híbrido entre quadriciclo e carro) e inclusive helicópteros, que acessavam o parque ilegalmente.

Há aproximadamente um mês, a chefia notificou as prefeituras das três cidades que compõem o parque para coibir a circulação dos veículos de tipo UTV nas áreas do entorno do parque. Segundo informações da coluna, empresários com alto poder aquisitivo constam entre os donos desses veículos e têm propriedades na região.

Rodrigues estava no cargo desde novembro de 2020. Além de policial, o novo chefe do parque tem trajetória em disputas eleitorais. Foi candidato a vice-prefeito de São Luís em 2016 pelo MDB e a vereador em 2020 pelo PSD, tendo sido derrotado nas duas vezes.

Com ecossistema local sensível, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses está entre os 10 parques que mais recebem turistas no país. Tem área de 156 mil hectares. O parque também está na lista prioritária do Ministério do Meio Ambiente para ser privatizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desculpe, mas você não pode copiar o conteúdo desta página.