23/10/2021

Urgente: Depoente recebe voz de prisão na CPI

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), deu voz de prisão para o depoente, o ex-diretor de Logística, Roberto Dias. A decisão foi tomada porque Aziz considerou que Dias havia mentindo reinteramente à CPI, ao afirmar, por mais de uma vez que ele [Dias] não teve responsabilidade na negociação da vacina indiana Covaxin.

Houve discussão entre os parlamentares. Senadores de oposição, inclusive, pediram para que o presidente revisse a decisão e ponderaram que outros depoentes não tiveram a mesma sentença. Aziz manteve-se firme na decisão.

“Ele está preso por mentir, por perjúrio. Mas ele vai estar detido agora pelo Brasil. Nós não estamos aqui para brincar de ouvir historinha de servidor que pediu propina. E todo depoente que entrar aqui a achar que pode brincar terá o mesmo destino. Ele está preso e a sessão está encerrada”.

Áudios obtidos pela CNN mostram o cabo da PM, Luiz Paulo Dominguetti, comentando com um interlocutor que a negociação das vacinas estava garantida e que a assinatura do contrato seria feita por Roberto Dias.

Neste momento, os senadores discutem se a prisão será efetivada. A advogada de Roberto Dias agora o orienta a não responder mais às perguntas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desculpe, mas você não pode copiar o conteúdo desta página.